Arquivo da tag: hip hop

Hip Hop Resistência Negra

Novembro terminando e mais um Hip Hop Resistência no Grajaú

O domingo no Cantinho do Céu foi de chuva e troca de ideia, tudo juntando Consciência à Resistência e dizendo que somos todos pretos sim; conscientes e resistentes ao genocídio e as outras formas de violência na periferia.
 
Muito grafite decorando a Casinha, muito break com os adultos e a molecada, silk, muito som e até poesia. E, pra não perder o costume, um pessoal bem firmeza somando no rolê.
 
A Luta, a Consciência e a Resistência continuam  nesse fim de ano e poder contar com nossos companheiros fortalece bastante a caminhada.
União, Organização e Luta!
 
Anúncios
Imagem

Hip Hop e Resistência Negra

Sarau no Lucélia: Hip Hop e Resistência

Rap é compromisso…Com quem? Com o quê?

Neste domingo, dia 15, a partir das 13h, haverá o próximo sarau mensal e itinerante da Rede Extremo Sul. Vai rolar uma troca de ideia sobre a história do Hip Hop na região e o compromisso do Rap com as comunidades. 

Hip Hop e Resistência

Hip Hop e Samba Rock no Pq Cocaia I

Vídeo Hip Hop: cultura na quebrada

Hip hop no Parque Cocaia I

Música do Vídeo: ArteRima e CFL (Comunidade Favela Lucélia)

Essa filmagem foi feita numa atividade de Hip Hop e Consciência Negra em 2011 no Parque Cocaia I, um fruto da organização da comunidade.

No dia 26 deste mês tem mais! É só chegar!

Oficina de break no Pq Cocaia

Break no Parque Cocaia

É só chegar!

Fazendo da rua um palco

Sobre o Hip Hop no Pq. Cocaia

Domingo teve Hip Hop e Resistência Negra no Grajaú, dando início à semana da consciência negra – tempo de lembrar os guerreiros e guerreiras de uma longa história de luta e fortalecer o combate à violência que permanece – contra os negros e contra a periferia. A violência tá lá disfarçada na ideologia que não existe mais racismo e em todo tipo de idéia preconceituosa, que discrimina e agride cada um, mas também tá escancarada no encarceramento em massa e no genocídio da juventude.

Há tempos atrás, uma atividade como esta era comum nas quebradas. Hoje não é mais, está afastada dos becos e vielas. Mas a favela (ainda) pede rap. Com todo seu potencial de denúncia, contestação e transformação da realidade.

Neste dia, tão especial para os moradores do Pq. Cocaia, estivemos juntos com os parceiros para pensar na importância do hip hop na nossa vida e na formação de nossos jovens e crianças. Num espaço como este, criado pelos nossos esforços, equipamentos, ajuda de quem quis somar, e sem depender de estabelecer relações mercantis, de dinheiro ou troca.

É nois por nois – um caminhão de um morador, caixas de som de outro, disposição dos grupos (os que tão a uma cota na caminhada e os que estão começando), e pronto!

Um salve a galera que compareceu, aos bboys, mc’s e aos grupos (O Conselho de Criança – direto do Campo Limpo – o Epicentro, Xemalami, CFL, Profecia, ArteRima, a galera do freestyle, do Break e do Grafite). 

Estes que são os “verdadeiros que fazem da rua um palco”, literalmente, produzindo uma cultura engajada e de luta.

Hip Hop e Resistência Negra no Grajaú

Cultura na comunidade

Imagens do último Sarau do Recanto

Mais um sarau com muita poesia de luta, indignação, amor e ódio (e as odes sanguinárias). Os temas sempre presentes são da nossa vida presente: o despejo, a violência policial, a organização, etc. E cada vez tem mais gente produzindo, compartilhando e pensando junto.

Como sempre, houve a presença forte dos parceiros rimadores, grafiteiros, bboys, e mc’s. Mas desta vez o samba também entrou na roda, com seu canto de dor e alegria, pra pensar sobre a favela.

E o próximo vai ser noutra comunidade – no Parque Cocaia I – na tarde do dia 13 de novembro. 

Sarau do Recanto

Atividade Cultural na Casinha das Mães: Cultura e Resistência Popular

Primeiro de maio com cultura de luta.

Seguimos construindo nossa luta junto e misturada com a cultura popular. Venha participar de nossa produção coletiva sobre as questões do transporte e da moradia na periferia, com poesia, grafite e muita música, na casa, na rua e nas ondas da rádio livre.

Como chegar: pegar a perua Cantinho do Céu e descer no ponto mais próximo do Céu Navegantes. Entrar na Rua Cairu, depois na primeira direita, primeira esquerda, segunda direita e primeira esquerda. A caminhada é curta e estaremos lá. 

Grafite no Prainha

Grafite no Prainha

Um salve aos companheiros que produzem sua arte junto e misturado com a luta popular. Em meio às ruínas brota a cultura que fortalece a luta do povo da periferia.

Grafite do Those no Jd. Prainha

Rádio Livre no Extremo Sul

Atividade do Coletivo RadioAtivo

No próximo sábado, das 10 as 15 horas, estaremos juntos fazendo programa de rádio, na Associação em Defesa da Moradia do Recanto Cocaia. Errata: o endereço correto é Rua Jameleiro, 48, Recanto Cocaia, Grajaú.

Bora? É nóis!

Evento do Radioativo

Hip Hop e Rádio Livre no Grajaú

Confiram o video da atividade que o Coletivo Radioativo organizou neste final de semana, no Grajaú.