Arquivo da tag: cultura

Convite para a FESTA DA UNIÃO! Venham comemorar a luta! Todo poder ao povo!

festa1ano

Inauguração da Biblioteca do Jardim da União

biblioteca

Teatro hoje na Ocupação Jd. da União

brava hoje

Imagem

Atividades na Ocupação Jardim da União

panfleto-ocupa-vizinhos (1)

Sexto Relato da Trincheira – Jd da União

Sexto Relato da Trincheira – Jd da União

trupe

Pequeno registro de uma intervenção dos companheiros da Trupe da Lona Preta, apresentando o Concerto da Lona Preta. E na semana passada, a Trupe esteve numa reunião apresentando o Perrengue da Lona Preta e contribuindo com a nossa reflexão sobre as opressões que sofremos e a necessidade de nos organizarmos para combatê-las.

É o teatro e a luta se confundindo! Todo Poder ao Povo!

Festa na Ocupação Jd. da Luta

Encontro de Guerreiros e Guerreiras

Neste domingo a Ocupação Jardim da Luta é que organizou a festa junina e recebeu companheiros e companheiras da Ocupação Jardim da União.  A tarde começou com uma linda roda de capoeira, com as músicas de resistência e luta,  jogo de crianças e adultos.

roda 1

Em seguida um campeonato de futebol de varzea, com times da comunidade, do cursinho popular Raiz, e com o clássico do futebol popular: Jd. da União FC  X  Jd. da Luta FC.

jogo

A partida contou com muita emoção da torcida e ambalou a festa de confraternização entre as ocupações, com muita comida, bebida, formação de quadrilha e acaboufogueira com uma grande fogueira para nos aquecer na beira da represa. Todo poder ao povo! A luta continua, com muita  união e luta!

Imagens da Festa Junina

Registro da Nossa Formação de Quadrilha

festa 8

Os fins de semana no Jd. da União são sempre bem movimentados. Capoeira e futebol, por exemplo, são algumas das atividades que dão vida aquele pedaço de terra, antes vazia. Há também os mutirões, as prosas e etc., etc., etc. E com muito agito alguns fins de semana se tornam especiais; o último foi de festa.

festa 14Foram dois dias de muita movimentação. No sábado a festança começou às 16h, com quentão, vinho quente, pastel, torta, bolo e milho. Brincadeiras de vários tipos e muita música também. Não faltou empenho para a sua realização. Foi bastantefesta 4 trabalho, do povo para o povo. Nóis por nóis, para nós. 

Em relação ao sábado, o domingo foi diferente porque começou mais cedo, teve uma encenação e a esperada formação de quadrilha. Primeiro as crianças, durante a tarde, e a noite os adultos. “Olha a Reintegração de Posse!”… “O Povo já derrubou!”; “Olha a Polícia!”… “É mentira!”; “Viva o baile do Poder Popular!”.     

festa 12Foi fundamental bastante dedicação e organização para que conseguíssemos fazer uma festa bonita, que era Junina, mas que era também para comemorar os oito meses no terreno e a derrubada da liminar de despejo. Uma festa que colabora com a nossa infraestrutura e nos fortalece para continuar a caminhada. Todo Poder Ao Povo!    

festa 7

Festa Junina da Ocupação Jardim da União

Formação de quadrilha – venham dançar com a gente! 

FESTA JUNINA

 

 

Festa de Feriado da Luta no Jardim da União

Festa do povo!

2Onde há luta, há liberdade de decidir junto o rumo da caminhada, mudar a rotina e alterar o calendário. Numa das reuniões de organização internas do Jardim da União, decidimos que dia 15 de fevereiro seria feriado na Ocupação: não teve multirão, não4 teve aula de espanhol, não teve reunião, etc. Decidimos que seria dia de parar tudo e comemorar nossa luta e nossa resistência, que além destes 4 meses no Varginha, ainda conta com tempo de luta e de muitos despejos no terreno do Itajaí. 

E foi assim que foi: convidamos nossos camaradas e ???????????????????????????????companheiros das Ocupações Jardim da Luta e do Recanto da Vitória chegaram pra fortalecer. Nem a chuva, nem os ataques que temos sofrido por parte do???????????????????????????????s governantes, nem as dificuldades da luta, esfriaram esta festa de gente guerreira, que durou até o anoitecer. Cada grupo preparou uma barraca de salgado, de ???????????????????????????????bebidas, doces e outras delícias, e nada faltou. Foi tudo muito bem organizado, do povo pro povo. E mais uma vez, experimentamos o poder popular que se constrói a cada dia: aqui é tudo nóis por nóis. Viva o poder popular! As ocupações do Grajaú resistem!!! Periferia luta!!!

Feriado no Jardim da União!

No Calendário da Ocupação Jardim da União, dia 15 de fevereiro virou feriado.Comemoremos a luta e a resistência do povo! A festa é de gente guerreira e o convite vai pra quem luta! LUTAR, CRIAR, PODER POPULAR!

aniversario

Fim de semana cheio de atividades

Contra os massacres do Estado: solidariedade e organização popular!  

SÁBADO (dia 05/10) –  

– Ato contra os massacres, a partir das 13:30, no Parque da Juventude (antigo Carandiru). 

– A partir das 14h, no Cedeca Interlagos, reunião com estudantes das escolas do extremo sul para organizar a luta do transporte.

– A partir das 16h, na Ocupação Recanto da Vitória, sarau das ocupações, organizado pelo Projeto Raiz. (para chegar: do Terminal grajaú, pegar o Jd. Lucélia e descer no ponto final, entrar na ocupação pela trilha do lado direito do prédio do Centro Social Bororé).

DOMINGO

A partir das 10:30, festa de comemoração dos 2 meses das ocupações Jd. da Luta, e Recanto da Vitória e resistência do Jd. da União! No terrenão do Itajaí, reocupado pela sexta vez. Cheio de coisas boa para nós passarmos o dia juntos, e planejarmos nossos próximos passos com companheiros e companheiras que vão chegar pra somar.  Para chegar: do terminal grajaú pegar o Jd. Marilda ou Jd. das Pedras e descer no segundo ponto depois do Instituto Anchieta, entrar à direita e caminhar até o terreno (na rua Camefis). Venham tod@s!

confraternizacao2 mais informações: https://www.facebook.com/pages/Rede-de-Comunidades-do-Extremo-Sul-SP/267222963309434

Teatro e Luta

Mensagem de Luta da Trupe Lona Preta

Imagem

Encontro de Formação – Cultura e Poder Popular

Forrmação Cultura

O teatro e a luta

Combustíveis da luta

Neste sábado dia 6 de abril, vivemos mais um momento importante da resistência no Parque Cocaia. Como em tantos dias em que nos reunimos para tomar decisões sobre os rumos da luta da moradia, tivemos a alegria de ter rompida boa parte dureza dessa organização contra o despejo ao assistirmos juntos a peça da Brava Cia de Teatro.

???????????????????????????????

Com o campo do capital montado nessa Av. Nuno Guerner tão cheia de histórias, a batalha entre as elites a a união popular ganhou vida, enchendo a todos os presentes da esperança de que a gente consiga se organizar e lutar até virar o jogo.

Aqui a poesia deste teatro foi combustível pra que a revolta contra a opressão continue se transformando em poder popular.

Revolucionários do Brasil, fogo no pavio!!!

Todo poder ao povo!

Imagem

Neste sábado – batucada no extremo sul

Batucada do Extremo Sul