Encarceramento e penas alternativas

Mensalão e penas alternativas

Desculpem a palavra, mas é realmente FODA ver a discussão sobre penas alternativas surgir com força apenas quando um punhado de “poderosos” – brancos e membros da elite – é condenado pela dita “justiça”.

Para quem acompanha minimamente a situação dos presídios e o ritmo de crescimento da população carcerária, que bate recordes atrás de recordes, sabe que essa discussão é mais do que necessária e urgente, que os presídios são o que há de mais terrível e que não contribuem em nada para diminuir a violência e aumentar a tal “segurança pública”, muito pelo contrário.

Mas os desgraçados dos “juristas” e dos juízes são capazes de ignorar completamente essa situação, e de alimentá-la com energia e devoção, ATÉ QUE figuras como Dirceu e companhia são condenadas. Daí entra o “veja bem, a prisão não é a melhor solução, vamos pensar em alguma alternativa”.

Então a gente poderia falar: dane-se o motivo, pelo menos a discussão está aí. Que nada, porque logo se diz: “precisamos pensar em alternativa para criminosos sem periculosidade”, ou seja, de colarinho branco, que desviam verba de hospitais, de merenda escolar, que fraudam licitações, que compram votos dos parlamentares, que são figuras de mando do tráfico de droga, de armas e de pessoas, que conduzem esquemas de lavagem de dinheiro em grande escala etc. Já para a imensa maioria da população carcerária a prisão continua a única solução, e o encarceramento em massa, um grande negócio…

De certa forma, é a mesma história de quandoprenderam o Daniel Dantas e outros da mesma laia, e muitos juízes ficaram horrorizados com o uso de algemas (!).

O fato é que nenhum desses sujeitos coloca em questão o caráter seletivo e classista do sistema penal e prisional. Ninguém dá a mínima para como estão os presos e presas. Afinal, os tais juristas e juízes nem vêem essas pessoas como pessoas, mas como uma massa que deve ser tirada da vista, torturada, e mesmo exterminada.

Portanto, é uma grande bobagem esperar pela boa vontade do judiciário. A mudança desse sistema só poderá partir de quem é vítima direta dele.

Ps: Diante disso, é realmente lamentável ver toda a babação em torno do tal “Supremo”, um dos grandes pilares de nossa maravilhosa ordem social. Afinal, essa é uma instituição tremendamente conservadora, cujos membros têm o rabo totalmente preso aos grandes interesses econômicos e midiáticos. Essa picaretagem de tratar eles como imaculados e inquestionáveis, só porque condenaram um punhado de safados à cadeia, apenas fortalece os poderes autoritários e anti-populares, contribuindo ainda mais com a onda conservadora que se espalha pelo país.

3 Respostas para “Encarceramento e penas alternativas

  1. Pingback: 03 DEZEMBRO 2012 (BR-SP) Rede Extremo Sul: Mensalão e penas alternativas : Passa Palavra

  2. Pra defender Dirceu, muitos militantes do PT usam esse argumento chulo de “crimes sem periculosidade”.

  3. Essas notícias de presos inocentes não servem nem para que os flagrantes forjados diminuam e nem que a cadeia seja menos desumana. A maioria do povo com a cabeça feita por programas policias entendem que se o preso errou, deixa de ser humano.Se estava em lugar ermo e de noite é suspeito e pronto, pode apanhar, que o lugar de pobre é dentro do barraco e caladinho.Qualquer roubo ocorrido nas imediações é ele e pronto.
    Estranhamente é pobre que pensa assim, justo o pobre que está mais sujeito a brutalidade do mau policial e da injustiça e muitas vezes de sentimentos humanos e mesquinhos de juízes. Os juízes, são pessoas instruídas mas continuam também sendo seres humanos, terrivelmente humanos.
    Acho que é a falta de educação, a falta de informação do povo que alimenta as prisões arbitrárias e as torturas para forjar flagrante, ou até torturar quem já está preso e réu confesso.
    Essa é a cultura da violência, que começa no berço, onde os pais aprenderam apanhando e ensinam batendo. Se os pais não bateram o suficiente, que a policia bata ou mate, essa é a mentalidade do nosso povo.
    A mentalidade do Brasil pátria nada gentil para seus filhos.
    Vou dar um pequeno exemplo, mas são muitos os casos e este acabou bem, a maioria não acaba.
    Acho que o nome dele é Antonio, não me lembro bem, mas podia ser José, Pedro ou qualquer outro Foi preso na Região de Osasco, quando saía de um culto evangélico. Pego num beco, com a bíblia na mão, estava escuro e ele foi preso.
    Claro que não foi condenado, que toda a igreja se manifestou a favor dele, que podia provar sua idoneidade moral e que ele estava mesmo ajudando no culto e que era hora que ele acabava de sair da igreja.
    Só que ele foi preso e ficou não sei quanto tempo no Centro de Detenção Provisória, ouvi esse caso numa fila de supermercado, numa dessas conversas informais, as pessoas contam caso assim como quem comenta o capítulo da novela das 9.
    Se o Ministro José Eduardo Cardoso tem razão , acho que tem. Esse inocente, homem de fé, passou pelo inferno e não morreu, mas as marcas que ele e sua família levarão para o resto da vida, não tem o que apague.
    A pessoa contava como vantagem que ele continuava a falar manso e não perdeu a fé em Deus, nenhum sinal de revolta. Se é assim, também é uma exceção. A revolta de sofrer tortura e injustiça se for acima do limite, arruina com qualquer saúde mental e emocional. Arruina familias inteiras.
    Se você denunciar e a autoridade for mais humana que profissiional, ele condena seu filho ou filha a pena máxima, e se você já é pobre a ponto do seu filho andar a pé de noite, não tem como bancar uma “briga” com um juíz ou desembargador.
    Sempre pode piorar, os juízes são pessoas de moral ilibada, fazem curso e concurso para a função. A maioria tem noção de que está com a vida do preso e de sua família na mão. Só que tem também aquele humano, terrivelmente humano e que se “vinga” no seu filho a sua denúncia.
    Então se o seu filho for torturado e confessar o crime que não cometeu, se o soldado que o torturou mentir, mesmo que sua mentira não tenha nenhuma consistência e que fique claro que testemunha de acusação não pode mentir, não dá em nada.
    Estou meio amarga hoje e o Conselho que dou para as Mães é esse.
    CALE-SE !!! VAI CHORAR NA CAMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s