Cinema na Casinha

Anúncios

2 Respostas para “Cinema na Casinha

  1. Conhecí este site agora. E acho importante que se fale de temas atuais.
    Estou com um problema sério e acho que esse site pode me ajudar, divulgado as minhas denúncias que eu faço questão de assinar e assumir.
    Uma coisa que constatei a pouco tempo, é o fato comentado pelo professor Guilherme Botelho Junior, é que o número de presos encarcerados é muito pequeno, meu filho foi um que escapou e no BO, consta que ele é pardo, coisa que já reclamei. Ele é negro, sim sou loira mas me orgulho da negritude do meu filho e sua afrodescendencia.
    Não é que negro cometa menos deslize, menos crimes, e menos atos infracionais que os brancos. È que negro não resiste a abordagem policial e morre no caminho entre o camburão e a delegacia. São aquelas “resistências seguidas de morte ” Tão aplaudida pela imprensa

    • Cara Cremilda,
      este blog é um veículo de comunicação de um movimento popular chamado Rede de Comunidades do Extremo Sul. Além de noticiar nossas lutas e nossos processos organizativos em torno de nossas demandas (saúde, educação, moradia, encarceramento em massa, violência, etc), também retransmitimos notícias sobre a conjuntura, sempre traduzidas sob a nossa ótica, a ótica de um movimento popular.
      Na verdade, o que estamos constando em nosso trabalho com familiares de presos e presas e/ou vítimas do Estado é que o encarceramento tem crescido muito nos últimos anos, e revela seu caráter seletivo de classe e de raça, e como você relatou, as maiores vítimas de atrocidades são negros. Ainda assim, a maioria dos presos ou vítimas do estado são negros e periféricos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s