Depois do Despejo II

Motivos Escancarados

Quando falamos sobre os escombros que ainda testemunham a destruição da Vila Brejinho, perguntamos o motivo desse tipo de ação. A resposta é dada pela própria Prefeitura, porta-voz das grandes construtoras e imobiliáriasSegundo uma diretora da Secretaria de Habitação, Maria Cecília Sampaio, “Pra ser cidadão em São Paulo, tem que pagar”. E no mesmo sentido, ela sugere à população mais pobre que procure cidades menores “pra poder aguentar” (veja mais aqui).

Aquilo que a gente e outros movimentos têm denunciado há tempos está mais do que escancarado, e não dá para ficar surpreso, já que a ditadura do grande capital imobiliário parece estar fora de questão. Para dar uma idéia da situação, as empresas que financiaram a candidatura do Kassab receberam mais de R$ 2 bilhões em contratos, entre 2009 e início deste ano (veja mais aqui). E não foi só o Kassab que elas financiaram, não, mas os candidatos a prefeito e a vereador de tudo quanto é partido, sempre garantindo os retornos futuros, seja qual for o cenário.

É por isso que uma resposta a essa situação só pode vir de quem sofre com essa ditadura, a população pobre, que é a principal vítima do rolo compressor da especulação imobiliária.

Anúncios

Uma resposta para “Depois do Despejo II

  1. Pingback: Depois do Despejo II « Pela Moradia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s