Mais um ano de trânsito infernal

Uma mensagem de esperança

Toda virada de ano é a mesma coisa: na televisão, na internet, nos anúncios, tudo martelando mensagens de esperança (sempre misturadas com estímulos ao consumo e ao conformismo). Para ficarmos apenas em um exemplo, como a gente pode se encher de esperança, sabendo que todo dia, indo e voltando do serviço, vai ter um baita trânsito na Belmira? E que vamos ter que enfrentar um terminal Grajaú cada vez mais abarrotado, e perder horas diárias no busão e no trem lotados, ouvindo os irritantes informes de que os trens estão circulando com velocidade reduzida e maior intervalo entre as estações…

A televisão não diz, mas esperança mesmo a gente só vai ter transformando o desânimo e a caseira em revolta, e se juntando para mudar as coisas. Quando a gente deixar de aceitar toda essa humilhação que sofremos enquanto os políticos e os empresários se lambuzam, e passarmos a protestar, a abrir as catracas, a sabotar o sistema de transporte, que de “público” não tem nada, aí sim a gente poderá ter esperança.

Vamos passar mais um ano jogando nosso tempo e nossa saúde fora, que nem sardinhas enlatadas, ou vamos nos organizar?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s