Nada de prevenir, nem de remediar

E a novela se repete

Alguns meios de comunicação noticiaram hoje que a gestão Gilberto Kassab gastou este ano apenas 1/3 do orçamento destinado às emergências, como as que logo vão começar a se multiplicar , com a chegada das chuvas. 

Para que prevenir, ou mesmo remediar, se as catástrofes afetam sobretudo as populações pobres, e servem ainda para legitimar e facilitar os despejos? Enquanto não conseguirmos reagir a essas tragédias que nos afetam com a força que é necessária, entra ano e sai ano e as enchentes e os deslizamentos vão continuar ocorrendo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s