Apoio à Jornada de Lutas do MST

Apoio à Jornada de Lutas do MST

Nos primeiros dias desse ano o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra realizou ações para denunciar a paralisação da reforma agrária e pressionar o governo para arrecadação de áreas a serem destinadas ao assentamento de famílias que vivem em ocupações no estado de São Paulo.

Na madrugada do dia 5 de janeiro 250 pessoas ocuparam uma área para reivindicar que seja destinada ao Acampamento Alexandra Kollontai, que existe desde 22 de maio de 2008. A ocupação foi na Fazenda Martinópolis, que pertence à Usina Nova União, situada no município de Serrana (Região de Ribeirão Preto). A Usina tem multas por crimes ambientais, dívidas exorbitantes com o Estado e com os trabalhadores que não receberam seus salários em 2010. Ainda assim, O DIREITO À PROPRIEDADE É DEFENDIDO VIOLENTAMENTE PELO ESTADO.

O acampamento amanheceu hoje (dia 7 de janeiro), cercado pela Tropa de Choque. A Polícia Militar está negociando com ocupantes com o pedido de reintegração de posse junto ao pedido de prisão dos ” identificados como lideranças”.

Apoiamos a luta do povo, contra a propriedade privada e a exploração do trabalho.

A violência do Estado é inaceitável e não pode conter nossa indignação.

Local do Acampamento: Rodovia Abraão Assed, Usina Nova União à direita (sentido Cajuru), próximo ao Assentamento Sepé Tiarajú, municípios de Serrana e Serra Azul – SP.

Contatos: Guê (16) 8162 8079,  Ari (19) 8219 6715 e Kely (16) 9231-7866 ou (16) 9231-6280

Para mais informações clique aqui e aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s