Violência policial em ocupação no Rio de Janeiro

Apoio às famílias da ocupação Guerreiros Urbanos

No último dia 13, o centro do Rio de Janeiro foi, mais uma vez, palco de uma ação truculenta da Polícia Militar contra a população pobre da cidade. No dia anterior, um prédio do INSS, há anos abandonado, foi ocupado por um grupo de famílias sem teto cansadas de esperar pela boa vontade do Poder Público em atender o seu direito à moradia. Como elas deixavam expresso em seu manifesto:

“Ocupamos para mostrar que dos nossos olhos não rolam só as lágrimas de desespero pela injustiça que sentimos na pele todos os dias. Com nossos olhos também vemos que, se é com nossas mãos que a cidade conta para crescer, é com elas que também vamos contar para construir juntos as soluções para nossos problemas. Os direitos de todos também são nossos. Se não nos dão, só nos resta tomá-los.”

No entanto, não demorou mais do que um dia para que a Polícia, em defesa da propriedade privada, da especulação imobiliáriao, e contrária aos direitos elementares do mais pobres, entrasse em ação. Com o uso de muita violência, as esperanças dessas famílias de contruírem juntas uma solução digna para suas vidas foi arrasada. Note-se que, para essa ação de despejo, a Polícia não contou sequer com uma autorização judicial, agindo arbitrariamente.

Fica aqui o nossa solidariedade às famílias da Ocupação Guerreiros Urbanos.

Mais informações e vídeos sobre o caso podem ser obtidos aqui, aqui e aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s